Skip to content

EM FOCO

Antônio Gaudério

Ijuí, Rio Grande do Sul, 1958
EQUIPE TESTEMUNHA OCULAR

Antônio Gaudério ou Antônio Carlos Matos dos Santos nasceu em Ijuí, no Rio Grande do Sul, em 7 de agosto de 1958. Ingressou na Faculdade de Arquitetura na década de 80, mas a paixão pela fotografia o levou para a carreira fotojornalística. Em 1989, ingressou na Folha de São Paulo, onde se tornou referência, ganhando notoriedade por seu trabalho caracterizado pelo caráter de denúncia. 

Gaudério coleciona prêmios tais como o Prêmio Vladmir Herzog de 1993, o Prêmio Ayrton Senna de Fotografia de 2000 e os prêmios Folha de Jornalismo de 1995, 1998 e 2007.

O importante para um repórter fotográfico é ter em mente que ele não fotografa com a câmera. Ela apenas serve para capturar a imagem.” Levando isso em conta, Antônio Gaudério registrou de maneira ímpar problemas como a prostituição infantil, a mão de obra escrava boliviana, a exploração do trabalho infantil e a devastação da Amazônia. 

Em 2008, sofreu um grave acidente doméstico no Rio de Janeiro, perdeu toda sua memória e afastou-se do fotojornalismo. 

Policiais vigiam a favela do Morro do Dendê, na Ilha do Governador, Rio de Janeiro, RJ, depois de tiroteio. 2001. Folhapress/Digital